POWr Social Media Icons

terça-feira, 17 de junho de 2014

Nutrir o cérebro

Não estamos certos de que a alimentação evite ou acelere a deterioração deste importante órgão. Seja como for, o cérebro regula o humor, a dor, o ritmo sono-vigília, a memória e o comportamento alimentar graças à atividade dos neurotransmissores, que comunicam entre si os neurônios.

Os neurotransmissores são compostos pelos aminoácidos das proteínas ou de substâncias simples como a colina. Portanto, sua formação pode ser influenciada pela alimentação e, em parte, pelos aminoácidos ingeridos com os alimentos.

Para melhorar a memória, por exemplo, é indispensável o ferro  e o neurotransmissor acetilcolina, para cuja formação é indispensável a colina, nutriente presente na lecitina da gema de ovo, na soja e nas leguminosas (ervilhas, lentilhas, grãos-de-bico, feijões).

Nos países que seguem a dieta mediterrânea, em que se consomem azeite de oliva extra-virgem e peixes ricos em ômega 3 (sardinha,salmão), a deterioração cerebral é mais lenta,ao contrário do que sucede nas populações que seguem uma alimentação rica em gorduras saturadas.

  •  A dieta mediterrânea também inclui, cereais integrais: trigo, aveia,cevada,arroz, quinoa;
  •  legumes e frutas da estação;
  •  redução ou supressão dos alimentos de origem animal, carnes e embutidos. 

Se você não tem o hábito de consumir peixes em suas refeições, tente, olha só quantos benefícios à sua saúde como um todo, já passamos algumas receitas pra você aqui no Moda&Fit. Sigam-nos também no Instagram @ModaeFitBlog, beijos.