POWr Social Media Icons

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Somos o que comemos

Hoje vamos falar um pouco sobre alimentação, a pirâmide alimentar que conhecemos na escola é um excelente aliado da boa forma e saúde:


Carboidratos: Incluem os amidos, os açúcares e dois tipos de fibra: solúvel e insolúvel. São simples e complexos, e a diferença fundamental reside no fato de que os carboidratos simples (açúcar e cereais refinados) proporcionam energia imediatamente utilizável, enquanto os complexos (cereais integrais, frutas) fornecem energia de liberação lenta, apta para controlar os níveis de colesterol e para estabilizar os níveis de açúcar no sangue. Os carboidratos refinados (farinhas brancas e pão branco), privados da fibra e de muitas vitaminas, têm baixo valor nutricional, enquanto os carboidratos complexos (cereais integrais, inhame, batatas), são digeridos mais lentamente, com notáveis vantagens metabólicas, além de serem ricos em fibras.
Nossa alimentação se caracteriza pelo uso excessivo de açúcares e alimentos refinados. A farinha refinada não é a melhor escolha. O emprego desse tipo de farinha produz em nosso organismo um veloz aumento de açúcar no sangue (hiperglicemia). O organismo reage gerando grande quantidade de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, que provoca uma redução rápida do nível de açúcar (hipoglicemia). Portanto, após uma primeira sensação de bem-estar, o organismo percebe o cansaço ligado à repentina hipoglicemia e sente necessidade de mais açúcar. Esses picos de insulina repetidos favorecem a obesidade (parte do açúcar é armazenada em forma de gordura).
Faremos mais dois posts na continuação deste ; um sobre as proteínas e gorduras, outro sobre as vitaminas e minerais.