POWr Social Media Icons

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Somos o que comemos - Parte 2 - Proteínas e Gorduras

Proteínas:

Representam os tijolos do organismo, uma vez que são fundamentais para a formação da estrutura dos músculos, das células e de todos os tecidos de nosso corpo. As melhores fontes desses nutrientes são:

  • Carnes magras 
  • Ovos 
  • Cereais integrais e leguminosas: arroz, lentilha, feijão, grão-de-bico, soja.
Gorduras:

A abundância em gorduras tem sido relacionada a inúmeras doenças metabólicas e com alguns tipos de câncer. Consequentemente, devem representar uma porcentagem limitada da ingestão total de calorias (de 15 a 30%), com preferência pelas gorduras de origem vegetal, principalmente o azeite de oliva extravirgem. 

Tipos de Gorduras:

As gorduras podem ser classificadas em duas categorias: 
  • Ácidos graxos insaturados e
  • Ácidos graxos saturados.
Os primeiros incluem os encontrados no azeite de oliva extravirgem e as gorduras contidas nos peixes (ômega 3). São considerados melhores os presentes em alguns cereais, legumes e certas sementes oleaginosas, como nas avelãs e a linhaça (contém ácido linoleico n-6 e ácido linoleico n-3). As gorduras insaturadas são as melhores, porque contêm propriedades protetoras de fatores de risco cardiovascular, graças à capacidade de reduzir os níveis do "mau" colesterol (LDL), diminuindo o risco de infarto.
Os ácidos graxos saturados contidos nas gorduras animais (manteiga, carnes, leite, produtos lácteos) e em alguns óleos vegetais (de côco e de palma) devem representar uma porcentagem muito baixa no consumo diário. Adaptado do livro : Sinta-se Bem, Guia Médico Natural Para a Mulher, da autora Lidia La Marca.