POWr Social Media Icons

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Musculação, mulheres e menopausa

Musculação, mulheres e menopausa


Hoje o blog Moda e Fit tem a honra de poder contar com a colaboração de um texto muito bem elaborado do profissional Wellington Ferreira – Personal Trainer,  Especialista em Obesidade e Emagrecimento e também Empresário Fitness da Academia WS Fitness aqui de Joinville. 
Espero que aproveitem ao máximo, pois o texto pode ajudar você a enfrentar ou até prevenir muitos problemas causados pela menopausa.


            

Mulheres, porque essa busca constante pelo emagrecimento? Sabia que um dia você irá menopausar?

Pois é gente no emagrecimento não ocorre simplesmente o ato de “eliminar gorduras”, mas também a perda de massa muscular e também de massa óssea, onde estas são fundamentais para a manutenção e prevenção dos problemas relacionados à desmineralização óssea (osteopenias – doenças como osteoporose, artrite, artrose, etc...). Com a chegada da menopausa a mulher fica mais vulnerável a essa perda e consequentemente a instalação de uma doença relacionada a essa desmineralização pode ser inevitável. Outro fenômeno que ocorre também são as mudanças no padrão de distribuição de gordura feminino. Durante toda a vida, as mulheres têm uma distribuição de gordura mais externa (exógena) como quadril, coxa, seios e, porém, quem controla este padrão de gordura são os hormônios “femininos” (progesterona, 17b estradiol). Apesar da maioria das mulheres não gostarem dessas “gordurinhas”, o interessante é que sua distribuição como já havia dito é externa, e, contudo esse padrão passa a ser muito melhor para a prevenção das doenças relacionadas à obesidade (dislipidemias). Na menopausa o que ocorre é a diminuição e a irregularidade desses hormônios, ou seja, os padrões de distribuição de gordura começam a tornar-se mais internos (igual ao padrão masculino), e a mulher começa a acumular gordura na região visceral. Aí é onde começa um ciclo de doenças trazidas pela menopausa. Além do risco de osteopenia, aumenta-se o risco de doenças cardíacas. Mas onde entra a musculação nisso tudo?

Primeiramente, é uma atividade que estimula a “síntese protéica” (captação, retenção e aumento das proteínas pelo músculo), e consequentemente também estimula a mineralização óssea, promovendo a síntese de cálcio pelos ossos, reduzindo muito o risco das osteopenias. Outro ponto é que a musculação oferece um alto gasto calórico durante uma sessão e ainda promove o ganho de massa muscular. Uma vez que existe o aumento de massa muscular, ocorre paralelamente um aumento no gasto energético mesmo em repouso, ou seja, você vai gastar mais calorias durante o seu dia, melhorando e combatendo esse padrão de gordura visceral que pode ser adquirido com a chegada da menopausa. Isso não é fantástico?

Então mexa-se, oriente-se com um profissional de Educação Física devidamente habilitado, pois ele lhe fornecerá as informações necessárias para a melhora de sua qualidade de vida. Boa Sorte!




Wellington Ferreira – Personal Trainer
Especialista em Obesidade e Emagrecimento e Empresário Fitness
Cref 9621G/SC

WS FITNESS / Rua Papanduva, nº 185, bairro : Bom Retiro - Joinville - SC Fone: (47) 3227-4000